Thursday, February 22, 2007

fauna e flora


Todos os dias vejo um chileno novo aqui em casa. Desconfio que das duas, três ; ou estes manos andam a fazer tráfico de orgãos ou de xilofones. Provavelmente a Embaixada do Chile em Madrid mudou-se aqui para casa, e os moços esqueceram-se de me avisar. Coisas que acontecem, pá.
Camaradagem e tal a todos os seus patricios que chegam perdidos a Barajas, pois isto afinal o apartamento até é grande e ainda cabe pessoal na banheira.

A escocesa retira prazer sexual da comida. Certo dia estava eu afeitando o pelo (fazer a barba) quando começo a ouvir gemidos vindos da cozinha. Intrigado, fui passajando pelo corredor fora - olha tu queres ver que tá na palhaçada com as bananas..?? Afinal não, a moça estava a deleitar-se sim , mas com um iogurte. Mais tarde vim a aperceber-me que se deleita com quase tudo; chá, cereais, fruta, carne.. é tudo hummmmm e mais hummmm e mais hummm. Mas uma coisa debitada em altos décibeis, chega a ser confrangedor estar perto da moça quando faz as suas refeições.

O espanhol não fecha bem a mala. Diz o gajo que é actor, embora esteja a escrever um livro de suspense que se passa em 2030, que segundo ele o vai deixar mais famoso que o Julio Iglésias. Normalmente, levanta-se pelas 20.30, canta um bocadinho de ópera e vai mudar a água a um bicho que tem dentro de uma gaiola que me parece um esquilo. Tem teorias sobre quase tudo o que gravita no planeta terra, incluindo o degelo lunar que segundo ele está para acontecer a qualquer altura.

2 comments:

Guiovan C. de Oliveira said...

Olá!
Sou mais um chinelo novo por aqui! Desculpe a in tromissão, e não culpe tanto seus irmãos por isso. Eu como escritor imaturo mais escritor, procuro e desejo ler coisas boas na internet, está escaço coisas desse tipo que encontrei aqui, adorei sua organização meu Deus eu disse: que blog dos meus sonhos! Queria escrever coisas tão boas e naturais digo boas no sentido de literario; meus textos e poemas são todos "sujos" me refiro sujo pois me lembro de ferreira gullart e seu livro poema sujo,"eita" chinelo que fala não é mesmo?

por fim!
admiro muito seu trabalhp agora qe descobrir estarei sempre por aqui!
www.gugaoliveira.blogspot.com

j-adn said...

Que importa um nome a esta hora do anoitecer em São Luís do
Maranhão à mesa do jantar sob uma luz de febre entre irmãos
e pais dentro de um enigma?
Mas que importa um nome
debaixo deste teto de telhas encardidas vigas à mostra entre
cadeiras e mesa entre uma cristaleira e um armário diante de
garfos e facas e pratos louça que se quebraram já um prato de louça ordinária não dura tanto e as facas se perdem e os garfos se perdem pela vida caem pelas falhas do assoalho e vão conviver com ratos e baratas ou enferrujam no quintal esquecido entre os pés de erva cidreira e as grossas orelhas de hortelã quanta coisa se perde
nesta vida.